Por acreditar que a moda e as mulheres têm a mesma essência revolucionária, moderna, empoderada e valente, o projeto Goofy Inspira surge como uma ferramenta de inspiração por meio da música.

Trata-se de um convite para você mulher soltar a sua voz, buscar mudanças e o seu lugar no mundo. Com isso, a marca que tem good vibes na sua essência compartilha vídeos incríveis de músicas gravadas por nossas inspiradoras Helena Badari e Sophia Stedile.

A ideia é incentivar mais e mais mulheres a ser quem realmente são e buscar seu espaço, por meio da linguagem mais democrática que existe: a música. Seja no surfe, no trabalho ou em qualquer outra atividade o mais importante é acreditar que todas podem ir mais além.

Goofy Inspira com Sophia Stedile

Faça parte desse projeto com a Goofy Inspira e deixe a música te levar para um lugar único, com sentimentos lindos iguais para todos. Esse é um passo para um mundo mais “Goofy” e para sentir um pouco dessa boa vibração, o Goofy Blog convidou a cantora Sophia Stedile – dona de uma belíssima voz, aveludada e firme – para contar um pouco sobre a sua experiência neste projeto.

Goofy Blog: Como você se descobriu como cantora?

Sophia Stedile: Eu gostava muito de cantar desde pequena. Na escola, cantava para as minhas amigas e elas curtiam. Foi quando, aos 11 anos, a minha mãe me levou para aula de canto e comecei a levar essa história a sério. Entrei para a escola de canto para melhorar minhas imperfeições até que recebi um convite da minha professora para uma apresentação de final de ano. Era mês de agosto e esta apresentação era para as pessoas que já estava há muito tempo ensaiando, eu não acreditei! Eu tinha muito medo de cantar para o público, não me sentia segura, mas soltar esse medo me fez muito bem.

Como você começou profissionalmente?

Quem iniciou minha carreira mesmo foram duas pessoas, a Tainá Tavares (que escreveu um TCC sobre Direito Autoral da música) e o produtor musical Fábio Iamamoto. Eles me conduziram e me incentivaram a trabalhar de forma profissional. Então criamos um Spotfy e, por sorte, eu já estava compondo algumas músicas no meu ócio. Está dando super certo, já lançamos alguns vídeos no meu canal no YouTube e estou em choque com os números de visualizações.

Goofy Inspira música

Sophia e seu ukulele. Foto: Instagram

Qual o seu estilo e as suas influências?

Não sei muito bem definir meu estilo. Algumas pessoas dizem que é surf music, mas eu gosto mesmo de jazz e sou apaixonada pela Amy Winehouse, Jack Johnson, John Mayer. São as minhas principais influências.

Toca algum instrumento?

Toco ukulele, dou umas arranhadas no violão e ultimamente estou aprendendo a tocar teclado. Ainda estou levando um tempinho para tirar algumas músicas, mas já estou conseguindo. Eu sempre gravava vídeos em casa, cantando, mas sem nenhum instrumento. Sentia falta de algo e, durante um intercâmbio vi uma galera tocando ukulele. Foi aí que comecei a tocar e deu super certo com as músicas que eu gosto de cantar.

Goofy Inspira mulheres na música

Sophia Stedile para Goofy Inspira. Foto: Divulgação

O que você faz quando não está cantando?

Eu sempre dizia que o meu hobbie era cantar, mas agora já se tornou profissão e sou muito grata por isso. Eu gosto muito de viajar, mas ultimamente tenho me dedicado a faculdade e ao estágio em uma empresa dentro da minha universidade, que é ligada a organizações não-governamentais. Eu sou de Alphaville, São Paulo, e estudo Relações Intermacionais na ESPM.

O que você espera da sua carreira como cantora e onde pretende chegar?

Estou deixando as coisas acontecerem naturalmente e o resultado do meu trabalho está me surpreendendo. Muito bom que está dando certo, pois estamos no comecinho e está fluindo muito bem. O retorno nas redes sociais tem sido muito bom e estou aberta a convites.

Goofy Inspira música

Sophia com Tatá Tavares e Felipe Zago, marketing da Goofy. Foto: Instagram

Como é o trabalho com a Goofy?

Eu já curtia muito a essência da marca, estou amando o trabalho e essa ideia de mesclar a moda com a música está maravilhoso. Já fomos em alguns lugares como a Pedra Grande, em Atibaia, um lugar que jamais imaginei conhecer, e Gramado, no Rio Grande do Sul. Gravamos o meu primeiro videoclipe e foi demais! Eu sempre me senti insegura, mas é muito bom ter pessoas me ajudando e acrescentando no meu trabalho, não tenho nem como mensurar o quanto está sendo incrível.

Confira o primeiro clipe da Sophia Stedile

Por Vivi Mendes